A vida e a arte...

toucanart.com



















O dia estava nublado, frio e triste,
Ela na janela parecia chorar,
Olhar perdido no infinito,
Parecia buscar alguém nas nuvens.

As horas passando e ela ali,
Lagrimas rolavam pela sua face,
Soluços teimavam em sair por sua garganta,
Olhando as mãos, ela desatou num choro só.

Lentamente, ela se afastou da janela,
Fechou as cortinas, e...
Desapareceu dentro de casa.


Sônia Silva

Comentários

Postagens mais visitadas