Nenhuma folha cai sem uma razão...



"Quando chega o outono e os dias começam a ficar mais curtos, a natureza está sinalizando às árvores que chegou o momento de modificar algumas de suas características".

Trata-se de uma estratégia das plantas para se proteger do frio, reduzindo ao máximo seu gasto de energia. Com menos luz solar, a primeira alteração é parar de produzir clorofila, a substância responsável pela absorção do gás carbônico e sua transformação em carboidratos, usados na geração de energia para a planta. Com a diminuição da clorofila, as folhas das árvores tornam-se amareladas ou avermelhadas.

A planta começa, então, a produzir um hormônio chamado ácido abscísico. Ele se acumula na base da haste das folhas, o pecíolo, matando as células daquela região. O pecíolo acaba se rompendo e a folha cai, sem precisar mais ser alimentada pela árvore, que pode, então, usar essa energia para seu próprio aquecimento, afirma o biólogo Gilberto Kerdauy, da USP.

Comentários

Socorro Melo disse…
Oi, Soninha!

Muito interessante! Como é fascinante a natureza, tão completa, tão perfeita... E ainda nos presenteia com a beleza dourada e luminosa do outono.

Beijos
Socorro Melo
ELAINE disse…
Que post mais lindo e ricamente informativo! Obrigada! Abraço saudoso e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

Postagens mais visitadas