O espelho mostra as marcas do tempo que ficaram desenhadas em nossa face...
























Retrato   


Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim triste, assim magro,
nem estes olhos tão vazios,
nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração
que nem se mostra.

Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
- Em que espelho ficou perdida a minha face?

Comentários

Mariana Penna disse…
Pq a beleza, pele bonita, tudo vai embora. Mas o caracter fica.

Um beijo!!
Socorro Melo disse…
Oi, Soninha!

O soneto é lindo, e nos conduz a uma viagem no futuro, e nos abre os olhos para a realidade que muitas vezes achamos difícil de aceitar.

Beijos
Socorro Melo

Postagens mais visitadas