Essa tal liberdade...

... Que meus pensamentos corram  livres pelos campos feito um belo mustang preto com seus pelos à brilhar  sob  a  luz da lua cheia em plena madrugada de 05 de maio.

O teu cavalo

A trote no teu
cavalo da fantasia
és livre, como ninguém

Cortas o vento
não és frágil!
e voas nessa viagem
mais longe que o firmamento

No seu dorso sobes
ao cume da felicidade
Por conta desta amizade
até teus olhos sorriem

Eu sei que ainda te lembras
do dia em que o recebeste
e quando o acariciaste
logo balbuciaste:
É meu!
Vai chamar-se “poesia”


Fonte: imagem site http://bonitasfotos.com e texto do site  http://www.luso-poemas.net/

Comentários

Boa noite Sônia querida


E a poesia faz isso com a gente mesmo...
Dá essa sensação de liberdade maravilhosa, como se estivéssemos no dorso de um cavalo alado...

Beijos

Ani
Socorro Melo disse…
Oi, Sonia!

A produção é belíssima, e traduz o que significa a poesia, para os poetas. Concordo com o que disse a Ani.

Beijos
Socorro Melo
Nanda disse…
Fico lisonjeada pela preferência pelo meu poema "O meu cavalo poesia".
Maria Fernanda Reis Esteves (Nanda)

Postagens mais visitadas