Quais as razões


Quais as razões...


Se eu pudesse perguntaria a teus pés 
Quais as razões que te afastaram de mim?
Imploraria mais atenção e me deitaria em teu colo
Sem o menor constrangimento

O amante não cobra 
Não impõe vontades apenas ama 
Sem pensar no dia seguinte 
Sem medir as consequências dos atos
Apenas se entrega a paixão do momento
Reitera o amor que despertou em ambos
Quando mais precisavam

Mas, ao que parece algo mudou
Não se sabe o motivo nem a razão
Cada um sozinho ficou sem entender
Sem ao menos poder se ver
Nem uma lágrima ainda verteram 
Pelo que posso saber

Ainda tenho esperanças
Que terei uma resposta de ti
Me acalmando enfim
Poderei apagar a luz do abajur
Recolher meus papeis, pobres e sujos rascunhos
Com teu nome escrito neles.

Gerson Araujo Almeida

Fonte: http://dequemama.spaceblog.com.br - https://www.google.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas